Como os signos lidam com as finanças – Virgem (23/08 a 22/09)

Daniel Funes e Sandra Mello criaram a vidente astróloga Xana Brasileira e brincam com as dificuldades de equilibrar a vida financeira, dos juros do cartão de crédito, problemas com agiotas, etc. Hoje, 23/08, estamos entrando no signo de Virgem, por isso, veja o que a “vidente” fala sobre como esse signo lida com as finanças:

Atenção: O texto abaixo apresenta linguagem adulta. Não recomendado para menores de 18 anos.

Virgem: Puta perfeccionista chato, que sabe tudo, já leu sobre tudo e tem solução pra limpar o nome no SPC apenas usando o lustra-móveis certo para cada tipo de pele. Fala a verdade. Um pentelho andrógino, que acaba se dando bem até com o gerente de banco, que faz qualquer negócio pra se ver livre de virginianos.

#direitosdodevedor | #creditoconsciente | @direitosdevedor

Fonte: Livro “Oh! Dívida Cruel”

Como os signos lidam com as finanças – Leão (21/07 a 22/08)

Daniel Funes e Sandra Mello criaram a vidente astróloga Xana Brasileira e brincam com as dificuldades de equilibrar a vida financeira, dos juros do cartão de crédito, problemas com agiotas, etc. Hoje, 21/07, estamos entrando no signo de Leão, por isso, veja o que a “vidente” fala sobre como esse signo lida com as finanças:

Atenção: O texto abaixo apresenta linguagem adulta. Não recomendado para menores de 18 anos.

Leão: À primeira vista, parece mansinho, simples, tímido, batalhador… mas quando ganha um pouquinho de intimidade, seu real objetivo fica escancarado: quer ficar famoso, rico, virar celebridade e ter poder para mandar em quem estiver a seu lado, mesmo que sejam cachorros ou outros bichos. Quando leonino deve dinheiro, não dorme, não come direito, não trepa e então vira um déspota.

#direitosdodevedor | #creditoconsciente | @direitosdevedor

Fonte: Livro “Oh! Dívida Cruel”

8 hábitos que vão lhe ajudar a ser rico com um pequeno salário

2706_A

A diferença entre uma vida sob estresse financeiro e uma cheia de prosperidade está nos pequenos hábitos que temos em relação ao dinheiro. O Business Insider recorreu aos consultores Nancy Butler e David Blaylock, que atuam na área de planejamento financeiro, e reuniu um plano com oito passos que ajudarão você a economizar, primeiramente, e a usar essas economias com sabedoria.

1. Inverta seu pensamento

Mesmo que depois de pagar as contas sua remuneração líquida pareça anêmica, é preciso aprender a destinar uma parte desse dinheiro para o seu objetivo financeiro, o que não ocorre do dia para a noite. Por isso é necessário adaptar sua mente gradativamente.

“Muitas pessoas gastam dinheiro, pagam as contas e guardam o que sobrou e isso está ao contrário: você deve primeiramente guardar para os objetivos financeiros, pagar as contas e depois considerar gastar o dinheiro que restou”, declara Butler ao Business Insider.

Uma armadilha onde muitos caem é adiar hábitos de poupar dinheiro para quando as finanças estiverem mais folgadas, porque quanto mais se ganha, mais se gasta. Blaylock adverte que não precisa ser muito, o importante é economizar. “Não estou pedindo para você reservar $ 1000 por mês, estou pedindo para guardar $ 50, ou uma pequena quantia que você consiga bancar. Não podemos subestimar o poder de começar pequeno”.

2. Olhe para onde você quer chegar

Especialistas em finanças sempre sugerem àqueles que estão poupando para o futuro começar com um plano de 5 anos, com metas específicas. O que você precisa para alcançar seu objetivo dentro de um tempo específico, que não precisa ser necessariamente 5 anos. Por exemplo, economizar dinheiro alguns anos para dar entrada no pagamento ou seis meses para criar um fundo de emergência.

“Ter um objetivo em mente nos ajuda a guardar”, declara Blaylock. “Se esse objetivo é a poupança de emergência, ou a poupança para uma viagem, ou poupar para a faculdade, não importa”, declara.

3. Crie seus próprios truques mentais

Como o primeiro item, devemos começar devagar. Deixar de comer em restaurantes com frequência ou limitar um valor a ser gasto mensalmente em itens supérfluos pode ser uma de suas novas regras.

Também conhecido como”heurística”, ou seja, uma maneira de solucionar um problema – que no caso é o hábito de guardar dinheiro-, esse método é uma ótima forma de desenvolvermos bons hábitos em relação ao nosso ganha pão. Muitas escolhas que fazemos em um dia podem nos ajudar a não gastar dinheiro em coisas desnecessárias.

4. Viva como um rico “anônimo”

Nem todo milionário vive em uma mansão ou dirige um Ferrari. Aliás, a maioria deles leva uma vida abaixo do padrão que poderia bancar. De acordo com Thomas J. Stanley, co-autor do livro “The Millionaire Next Door: The Surprising Secrets of America’s Wealthy” (O Vizinho Milionário: os segredos supreendentes da riqueza da América, em tradução literal), os milionários não esbanjam dinheiro, eles economizam mais do gastam. O livro mostra que a maior parte da riqueza dos Estados Unidos vem do trabalho duro e poupança regular.

David Sapper e sua esposa, por exemplo, faturam mais de US$ 500 mil por ano com um negócio de carros usados, no entanto, eles não se dão ao luxo de gastar mais do que US$ 2,5 mil por mês. Ao aplicar 90% da renda em investimentos e em economias, Sapper diz que poderá se aposentar mais cedo.

“Encontre o ponto no qual você tem o que precisa e está feliz e confortável, e apenas fique por lá”, aconselha o empresário.

5. Providencie sua aposentadoria agora

Para aqueles na faixa etária entre 20 e 30 anos, a aposentadoria pode parecer algo muito distante e, por isso, talvez não seja uma prioridade. Entre contas a pagar, despesas de modo geral, economias para o financiamento de uma casa ou para férias, como é possível ainda reservar dinheiro para aposentadoria? Quanto mais tarde você deixa para juntar dinheiro, mais você terá que juntar.

Se aos 30 você depositar mensalmente $ 50 em uma conta de aposentadoria com o retorno sobre o investimento de 7%, em 30 anos você terá $ 56 mil, contudo, se você esperar chegar aos 40 para se preocupar com sua aposentadoria, para chegar ao valor final, você terá que investir $ 110 por mês. Isto se deve porque seu dinheiro tem menos tempo para crescer, minimizando o impacto dos juros compostos.

6. Saiba quanto está entrando e quanto está indo embora

Se você não sabe ao certo o quanto é depositado mensalmente em sua conta bancária, você não saberá quanto dinheiro pode direcionar para cumprir sua meta financeira.

É preciso conhecer seus gastos para poder controlá-los, além do mais, “conhecimento é o primeiro passo para uma mudança duradoura”.

Caso você tenha dificuldade para conferir seu contracheque e organizar suas economias, há aplicativos como o LearnVest que podem auxiliá-lo gratuitamente.

7. Livre-se das dívidas

Certamente, em algum momento de nossa vida, já tivemos que lidar com dívidas. Enquanto dívidas relativas a empréstimos estudantis ou a um financiamento imobiliário são compreensíveis e muitas vezes necessárias, as de cartão de crédito, por outro lado, nas quais são pagas altas taxas mensais, podem ser evitadas.

Quitar as dívidas deve ser a prioridade número um. Apesar disso, para Blaylock, vale mais a pena guardar parte do dinheiro reservado para as dívidas. Mesmo demorando mais para quitar o cartão de crédito, por exemplo, o indicado é garantir as economias para o fundo de emergência. Caso surja algum imprevisto, como uma batida de carro, você não precisará fazer novas dívidas para consertar seu automóvel.

8. Aumente seus ganhos

Para crescer o patrimônio líquido você tem que gastar menos e juntar mais. A questão não é ter um salário maior, é saber investir as economias. “Na maioria das vezes, ganhar mais não leva à um maior patrimônio líquido porque o estilo de vida e as despesas crescem junto com ele”, informa a consultora de planejamento financeiro Natalie Taylor, sócia de Blaylock.

Mas para quem não consegue minimizar os gastos o suficiente para juntar dinheiro há algumas maneiras de aumentar a renda mensal sem um aumento no salário ou sem ganhar na loteria. Uma sugestão é procurar um outro emprego, que de preferência tenha a ver com sua personalidade.

“Eu tenho uma grande amiga que é advogada. Ela tem um grande hábito de viagem que ela não está disposta a deixar de lado. Então ela trabalha em uma loja de flores aos sábados durante a temporada de casamentos. É um ganho para todos: a loja de flores tem uma funcionária de confiança e, como minha amiga ama flores, ela não pensa nisso como trabalho”, conta Blaylock.

Fonte: Portal Administradores

Como os signos lidam com as finanças – Câncer (21/06 a 20/07)

Como os signos lidam com as finanças – Câncer (21/06 a 20/07)

Daniel Funes e Sandra Mello criaram a vidente astróloga Xana Brasileira e brincam com as dificuldades de equilibrar a vida financeira, dos juros do cartão de crédito, problemas com agiotas, etc. Hoje, 21/06, estamos entrando no signo de Câncer, por isso, veja o que a “vidente” fala sobre como esse signo lida com as finanças:

Atenção: O texto abaixo apresenta linguagem adulta. Não recomendado para menores de 18 anos.

Câncer: Sabe enrolar muito bem, até que alguém resolva chamar na chincha… aí, apela pra todos os santos, chora, mente, se for preciso puxa o saco, diz coisas pra agradar, inventa as piores desgraças se estiver sendo cobrado de alguma dívida, até convencer o outro de que não pode pagar. Quando se dá bem, aproveita a grana economizada e vai ao cinema, compra revistas de fofocas ou procura um terapeuta.

#direitosdodevedor | #creditoconsciente | @direitosdevedor

Fonte: Livro “Oh! Dívida Cruel”

Alerta aos consumidores

0906_A

E agora vai um alerta para todos nós, consumidores. Por isso, ao compartilhar este texto no Facebook, Twitter e em outras redes sociais, você provavelmente irá ajudar muitos amigos e/ou familiares.

Como muitos sabem, juros de cartão de crédito são os juros mais altos do mercado, sempre. Por isso, toda vez que o consumidor Continue reading…

Como os signos lidam com as finanças – Gêmeos (21/05 a 20/06)

Como os signos lidam com as finanças – Gêmeos (21/05 a 20/06)

Daniel Funes e Sandra Mello criaram a vidente astróloga Xana Brasileira e brincam com as dificuldades de equilibrar a vida financeira, dos juros do cartão de crédito, problemas com agiotas, etc. Hoje, 21/05, estamos entrando no signo de Gêmeos, por isso, veja o que a “vidente” fala sobre como esse signo lida com as finanças:

Atenção: O texto abaixo apresenta linguagem adulta. Não recomendado para menores de 18 anos.

Gêmeos: As pessoas têm mania de dizer que você tem duas caras, e estão completamente certas. Continue reading…

Site especializado usa estudo psicológico para definir perfil de investidor

1205_A

Você é do tipo gastão ou poupador? Age por impulso ou planeja suas finanças? A editora Casey Bond, do site americano de finanças pessoais “GoBankingRates”, elaborou uma lista com os 8 tipos psicológicos mais comuns na hora de lidar com o dinheiro:

Devedor (D):
Toma dinheiro emprestado para fazer grandes compras e está sempre devendo. Seus gastos geralmente são Continue reading…